iG

Publicidade

Publicidade
08/04/2009 - 11:20

As 10 perguntas que devemos fazer ao conhecer uma mulher

Compartilhe: Twitter

De um papo de botequim (onde acontecem as melhores conversas), surgiu o assunto de hoje. Quais as 10 perguntas que devemos fazer a uma mulher quando a conhecemos? Vamos lá:

1 – Onde mora?
Básico, né? Esta influencia até se for um casinho rápido. Já pensou se não pergunta? “Vamos jantar?” “Vamos.” “Passo pra te pegar. Onde mora?” “Vila das Carapinhas”… Aí não dá mais pra pular fora, você já chamou pra jantar. Não se esquecendo que se tudo der certo, você estica o jantar, mas ainda vai ter de deixá-la em casa. Se tiver que trabalhar no dia seguinte, já era. Vai chegar no trabalho ao meio-dia porque foi levar a moça em casa..A mulher tem que valer muito a pena para você passar horas no trânsito, pegar três ônibus, ou gastar um tanque de gasolina numa noite, ou 200 reais num táxi….

2 – Tem cachorro?
Por que isso? Porque cachorro é chato. Sim, é chato. E tem mulher que não dá banho no cachorro e ainda fica com o cheiro dele. Ou então, você aceita o convite para ir à casa dela. Jantar vai, vinho vem, vão pra casa, rola o que tem que rolar, você dorme. De manhã acorda com um pulguento te lambendo ou dormindo em cima de você. A não ser que você seja destes caras estranhos que adora ser lambido por cachorro, vai ficar muito irritado (a palavra era outra, mas iam censurar). Se for o caso, seja feliz. Você, ela e o pulguento.

3 – O que faz aos fins de semana?
Esta pergunta serve para acabar com várias dúvidas. Se ela responder: “Aos domingos vou à igreja”, pode se preparar pra pular fora. Ou “eu saio para almoçar com os meus pais.” Deve ter sérios problemas de relacionamento. Além disso, mulher que vive na barra da saia da mãe é um saco. Pule fora. Ou então: “Eu me reúno com meus amigos para jogar RPG.” O que é pior? Crente ou nerd? Vale uma enquete.

Getty Images / Já pensou em passar três horas no ônibus depois de uma noite de alegria?4 – O que gosta de ouvir?
Este é o maior desespero de todos os homens. Dificilmente os gostos batem. Então nem espere tanto. Apenas fique atento para: “Sou eclética.” Eclético é quem não gosta de nada e não entende de música (Já disse um membro honorário do Conselho Macho). É a típica resposta de quem se acha culto porque lê Paulo Coelho. Atenção, também, para: axé, forro, pagode, funk carioca… Agüentar isso é insuportável, não dá pra conviver. Aí você diz: “Ah, mas eu gosto disso.” Que pena, meu camarada, mais uma alma perdida no mundo. Se a resposta dela for MPB, atenção: ela deve ser muito chata. Ela pode até gostar, TAMBÉM, de MPB. Mas se disser que SÓ gosta disso, meu amigo… pode se preparar para momentos bastante desagradáveis. Se você for metaleiro, vai ter que pegar leve. Porque mulheres que escutam metal no Brasil não costumam ser fisicamente muito atraentes…

5 – Está lendo algum livro?
Não se trata de ser metido a intelectual. Mas cuidado com respostas como “Os discípulos de Alan Kardec” ou qualquer um daqueles livros de auto-ajuda “Como enriquecer trabalhando”, “Como domar seu chefe”… quem acredita nestas baboseiras é de uma pobreza de espírito digna de quem escuta “Creu” e acha que é música.

6 – Filme preferido?
Aí é a hora de ela mostrar se tem um pouco de cérebro e algum sentimento. Pode até ser uma comédia romântica. Mas há limites. “Marley e Eu” não dá, assim como “Star Wars”. Fale para ela que você não sabe o que é o Lado Negro da Força e saia de fininho. Por outro lado, cuidado se ela citar cinema iraniano, Ingmar Bergman ou Godard. Ela pode ser tão caricata ou alternativa que vai encher o saco.

7 – Como lida com rejeição?
Esta é para você ver se ela não vai colocar uma cabeça de bode na bacia no chão da sala dela se um dia vocês romperem, caso venham a namorar, arruinando sua vida por meio de macumbas e afins. Basta ler o post anterior a este e ver o perigo que todos corremos com algumas loucas!

8 – Usa papete?
Parece bobagem. Mas isso é importante. Mulheres que usam papete não têm um pingo de sensualidade. Então, cuidado. Ela pode até enganar na primeira noite, mas vai te decepcionar no cinema do domingo à tarde. Aliás como disse uma mulher aqui da redação, ninguém deveria usar papete. Nunca.

9 – Mora com quem?
Mulheres geralmente são apaixonadas pelos pais. E isso enche o saco. Elas passam a vida idolatrando o cara que, muitas vezes, é um idiota. Ou uma mala. Se morar com o pai, afaste-se. Se morar só com um bando de mulheres (a mãe, a avó e as duas irmãs), fique atento.

10 – Trabalha em quê?
Se ela vier com “vou estar respondendo”, nem precisa terminar. Bom, é básico. Qualquer profissão é digna. (Até a que vocês pensaram agora, se bem que pra namorar uma destas precisa ser muito desprendido. Eu não sou.) A mulher não precisa ser endinheirada, claro, mas cuidado com mulheres encostadas ou que querem ser sustentadas. Mulheres independentes são bem melhores. Elas vão ficar com você pelo o que você é e não porque você a sustenta ou a enche de presentes ou paga o restaurante e o motel.

Abs,

J.J.

Obs: Mande sugestões de temas para macho_alfa@ig.com.br

Autor: - Categoria(s): comportamento, Relacionamentos Tags: , , ,

Ver todas as notas

431 comentários para “As 10 perguntas que devemos fazer ao conhecer uma mulher”

  1. Tom disse:

    PAPETE ? papete é aquelas sandalhas tipo Jesus cristo… se tu ve o programa panico na rede TV .. é a sandalha da humildade… hehehe PELO AMOR DE DEUS… NAO É TIRANDO JESUS NAO… MAIS QUE DIABO DE SANDALHA FEIA … SE TU USA E GOSTA… SAIBA ! VC TEM PESSIMO GOSTO…. VOCE DEVE SER DAQUELES QUE DEIXA O LEITE NOVINHO APODRECER … PRA COMER A QUALHADA KKKK

  2. karol & michael disse:

    Nada a ver…
    a sandalha de Jesus é boa pq é muito confortável e combina com tudo…da para ir em qualquer lugar poróximo de casa…
    Mais é claro que não usaria para sair com alguem para um shopping,restaurante…etc…
    outra que eu acho bonita é akela “gladiador”…♥_♥

    mais………………gosto não se discute neah?!

    • mazin disse:

      A segunda pegunda é cheia de preconceitos ficaria melhor assim.
      O que faz aos fins de semana?
      Esta pergunta serve para acabar com várias dúvidas. Se ela responder: “Aos domingos vou à igreja”, Ótimo isso significa que ela coloca Deus em primeiro lugar isto é bom para vocês dois pois entre você e ela e necessário que Deus esteja no controle. Ou “eu saio para almoçar com os meus pais.” Isto também é bom pois isso significa que a sua família é unida.

  3. vivi disse:

    para ae papete é sandalia d jesus comprar pao

  4. Wagner disse:

    PAPETE DE CU É ROLA.

  5. Sara Santos disse:

    Então, se você perguntar pra uma mulher o que ela faz ao final da semana e ela responder que vai a igreja, lute por ela, pois esta sim coloca Deus acima de tudo e é isso que uma mulher de valor faz. qto aos familiares, a união de uma mulher com sua familia vale muito e somente homens de verdade podem dá valor a mulheres assim.

  6. Matthaeus disse:

    E se ela joga rpg e é extremente gostosa? Eu pego, foda-se

  7. Matthaeus disse:

    Se eu seguir tudo isso fico solteiro nessa cidade.

  8. Amélia Gomes disse:

    Eu achei a resposta à pergunta número 3 muito infeliz. Sou mulher, sou crente de passar o sábado e o domingo na igreja. Sou muito ligada a minha família, de sair a maior parte das vezes, de viajar com os meus pais apenas. E fiz engenharia informática apaixonada por matemática. E lhe digo que recebo MUITOS elogios por parte dos homens que conheço e grande parte deles gostaria de me ter como companheira. Mulher que não teme a Deus? Como educará ela os seus filhos? Na balada? Feliz o homem que encontra uma mulher crente e que valoriza a família. Feliz o lar com Cristo no centro.. Caso um homem fuja de mim por causa disso, devo ter a certeza que ele nunca se interessou por mim apenas queria curtir e nenhuma mulher precisa de um homem assim.

  9. Rodrigo disse:

    “quem acredita nestas baboseiras de auto-ajuda é de uma pobreza de espírito digna de quem escuta “Creu” e acha que é música.”

    Esse artigo é da coluna macho alfa que pode ser considerada auto-ajuda. Você está se contrariando. Baboseira de auto-ajuda são aquelas coisas abstratas que falam coisas que não chegam a lugar nenhum, de auto-estima, lei da atração, etc. Coisas escritas com base em experiências de um pessoa funcionam. Eu mesmo já escrevi um guia com base em experiências de vida. Vai falar que não funciona se eu vivi isso?
    Pelo amor de deus. Raivinha boba.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo